quinta-feira, 15 de junho de 2017

Enfim, adultos?!


 Você vai vestir aquele seu moletom velho favorito, e as mangas estão na metade do braço. Vai sair de casa e passa maquiagem. Usa salto alto. Tem voz ativa nas conversas da casa. As responsabilidades aumentaram. Você finalmente não é mais uma criança. Mas, então, vem aquela pergunta: eu sou um adulto agora? E você não sabe responder. Ninguém tem um manual onde diz que quando a gente chega aí, bem aí no meio, a gente fica perdido. E não tem nenhum manual dizendo o que fazer. 
 Aí os adultos vem com o título "adolescente", e é revoltante, afinal, até os 14, te chamaram de criança, mesmo a "adolescência" começando bem antes, então, por que não te chamam de adulto a partir daí? Você já está do tamanho dos seus pais, e eles continuam te chamando de "bebê". E então, tem o papo de maturidade, e nós pensamos algo como: "e lá somos frutas para ficarmos maduros? ".
 Contudo, um dia amadurecemos, viramos frutas, vejam só, que beleza. E entendemos o motivo de nossos pais nos chamarem de crianças e até mesmo de bebês. Entendemos quando crescemos, e não somos mais crianças, e sinceramente? Dá saudades de quando a gente não entende nada, de quando é tudo um mistério que a gente tenta decifrar por meio de teorias da conspiração. E sabe porque é tão difícil ser adulto, para os adultos? Por que dói. Dói ter as respostas, no final. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário